A Escolinha de Bodyboarding da Rocinha (EBBR) foi fundada pelo professor e bodyboarder Wanderley Silva ( LEY ). Ley desenvolve um belo projeto social a mais de 10 anos com jovens da comunidade, para que eles possam ter no esporte uma vida melhor longe das drogas.meuip É realizada na praia de São Conrado no Canto Esquerdo nos dias de Terça/Quinta das 8hrs às 10hrs, e à tarde das 15hrs ás 17hrs. Aos Sábado a escolinha funciona num horário único de 9hrs até as 12hrs.
O Projeto surgiu em homenagem ao bodyboarder José Ailton Sebastião Santos Silva, conhecido como Ailton Kostela. Ele, um dia, sonhou em criar uma Escola de Bodyboarding que atendesse jovens carentes das zonas de risco da capital sergipana. No entanto, em março de 2010, antes de realizar seu sonho, Ailton Kostela foi assassinado ao tentar evitar que um jovem que ele não conhecia fosse assaltado.

Byron Silva, primo-irmão de "Kostela", decidiu colocar o projeto em prática contemplando também pessoas com algum tipo de deficiência, sensibilizado pela constante afirmação de seu primo-irmão de que "todo jovem é especial'.

No dia 26 de junho de 2011 foi implantado o Projeto Estrelas do Mar, que hoje atende 85 (oitenta e cinco) alunos, dentre estes, 65 (sessenta e cinco) com algum tipo de deficiência (Paralisia Cerebral, Autismo e Síndrome de Down) e 20 (vinte) sem nenhuma deficiência.
O Instituto Neymara Carvalho (INC) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos reconhecida com o título de OSCIP, pelo Ministério da Justiça. Criado em 2004 pela atleta profissional de bodyboarding Neymara Carvalho, o Instituto tem como missão despertar o interesse pela prática esportiva em um ambiente de integração social, com a formação integral de crianças e adolescentes por meio do esporte, meio ambiente e educação.

O INC atua em ações que estimulam o trabalho em grupo e a promoção de conceitos de respeito, solidariedade e cooperação entre as famílias atendidas. Ao longo de todos esses anos de trabalho, o INC contribuiu para a formação cidadã de dezenas de jovens e na consolidação do Espírito Santo como potência mundial do bodyboard, atraindo a atenção de atletas de diversos países que buscam aprimoramento técnico por meio de intercâmbio.
Voltado para o atendimento de crianças e adolescentes de 07 a 12 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social, residentes na quinta região do município de Vila Velha/Espírito Santo. O projeto busca levar o esporte bodyboarding à vida dessas crianças, provendo-lhes uma possibilidade de futuro fora da criminalidade. Além das aulas de bodyboarding, o projeto lhes proporciona reforço escolar, clube de leitura, palestras educativas, passeios de socialização, visitas domiciliares e distribuição de cestas básicas.
O projeto Guardiãs do Mar procura incentivar a prática de 7 modalidade de esportes aquáticos: natação em aguas abertas, bodysurf, surf, longboard, stand-up paddle wave e travessia, bodyboard e outros. Almeja também deixar um legado para o esporte no Brasil, melhorando o desempenho dos atletas que podem vir a representar o País em futuras competições internacionais, além de divulgar e apontar novos rumos para a sustentabilidade esportiva.

O projeto GDM irá passar por 10 cidades litorâneas, onde selecionará 10 crianças (de famílias em situação de risco ou vulnerabilidade social) de cada região para participarem de uma experiência com os atletas durante um final de semana, e após isso trabalharão durante 24 meses na preparação de uma competição. Os vencedores serão eleitos representantes de cada uma das modalidades esportivas envolvidas no projeto.
O Selo Seringueira Ambiental serve para identificar as empresas, instituições e demais entidades, em suas diversas formas jurídicas, que investem em ações de responsabilidade sócio-ambiental, num empreendimento que também tem um forte impacto sócio-econômico para o País - a revitalização da heveicultura. Atesta que a aquele bem, serviço, atividade ou instalação está “em dia com o planeta” e contribui diretamente para a melhoria da qualidade de vida na Terra.